Blog

5 soft skills essenciais para os próximos 5 anos!

artigo-blog-5-soft-skills-essenciais-nos-proximos-5-anos-zonaverde
ACADEMIA DESENVOLVIMENTO PESSOAL ZONAVERDE

5 soft skills essenciais para os próximos 5 anos!

O impacto transversal que as soft skills, as competências pessoas e interpessoais, têm na nossa vida é inegável. Se na vida pessoal os seus efeitos sempre foram visíveis, a nível profissional só recentemente ganharam o seu espaço. A relevância adquirida coloca-as, atualmente, ao nível das hard skills, existindo momentos em que as superam, seja em processos de recrutamento, seja de transição interna.

Hoje, mais do que saber fazer é vital saber ser. O nível de complexidade e imprevisibilidade dos problemas que enfrentamos requer mais do que experiência técnica ou conhecimento empírico. Para conseguir desenvolver soluções para o futuro é determinante desenvolver um conjunto de competências que costumam estar à margem mas que se mostram cada vez mais úteis. As soft skills vieram para ficar e são o novo capital para a humanidade prosperar.

Além disso, é importante ter consciência de que quem quer estar na linha da frente tem que estar entre os melhores ou tê-los consigo. Não apenas os mais tecnicamente dotados ou experientes, como no passado. Hoje é importante ter ao nosso lado pessoas que consigam manter-se relevantes agora e nos próximos anos. Para quem se quer tornar indispensável, há 5 competências-chave a desenvolver que serão muito úteis para os próximos 5 a 10 anos.

1. Criatividade
O célebre conceito de pensar fora da caixa está a cair por terra. A acelerada inovação tecnológica que vivemos requer mais. Face a problemas completamente novos de resolução complexa é na criatividade que reside a esperança. Divergir da norma e conseguir ver algo diferente dos outros permite uma maior agilidade na criação de soluções. Quanto maior a flexibilidade mental e a capacidade de concretizar ideias inovadoras, melhores serão as hipóteses de ter sucesso. Há que repensar a própria caixa.

2. Inteligência Emocional
Quem deseja estar sempre no seu melhor deve dar especial atenção à sua vida emocional. Isso torna-se mais relevante em contextos de pressão, incerteza e baixo controlo como aqueles em que circulamos no dia a dia. Conjugar a regulação emocional interna com a capacidade de gerir relações de uma forma positiva permite-nos criar estabilidade e prosperar. É isso que faz da Inteligência Emocional uma competência a desenvolver para o futuro.

3. Liderança Humanizada
A capacidade de liderar pessoas através de um mundo em rápida mudança é cada vez mais necessária. Para o fazer com sucesso há que deixar cair os títulos hierárquicos e a autoridade. No seu lugar devem ser desenvolvidas as capacidades de incentivar à autonomia, criar empatia e dar sentido ao que as pessoas fazem. Só dessa forma é possível ter o melhor de cada um ao serviço do coletivo. É com uma liderança humanizada que se preparam as próximas gerações.

4. Colaboração
A ida à lua foi uma conquista da humanidade e uma prova do poder da colaboração. Se nesse momento ela assumiu um papel decisivo, agora faz parte do dia-a-dia. Hoje em dia nenhum problema é resolvido por uma só pessoa. Prova disso é que se tornou habitual ver pessoas separadas por milhares de quilómetros, de diferentes países e culturas, a juntarem-se em favor de um propósito maior do que elas. Para que tudo corra bem, a escuta ativa, o feedback construtivo, o desafio e apoio mútuo têm que se tornar nas pontes que permitem superar as barreiras físicas e culturais. Graças a isso será possível criar um futuro melhor para todos.

5. Adaptabilidade
Mais de um século depois, as palavras de Darwin continuam a fazer sentido. A adaptabilidade mantém-se como uma competência base a preservar para o futuro. Com as circunstâncias e exigências do mundo em que vivemos a mudarem em elevada cadência, torna-se vital abraçar a mudança como um estilo de vida. Estar disponível a experimentar novas formas de pensar e fazer são dois hábitos a cultivar.

O futuro é imprevisível e a evolução não é de todo linear. A única certeza que podemos ter é que surgirão sempre novos e inesperados desafios. Se os queremos superar com sucesso há que ter, na nossa bagagem, este conjunto de soft skills bem desenvolvidas. Só assim poderemos continuar a evoluir de forma sustentada.

Escrito por:

artigos-blog-pedro-cerveira

É especialista em Desenvolvimento pessoal, Psicologia e Coaching. É também membro da Ordem dos Psicólogos, Mestre em Neuropsicologia e Master Coach Internacional.

“Ao longo dos anos ouvi as histórias de muitas pessoas. Muitas delas em final de vida. Foi num desses momentos que descobri a minha missão, o meu propósito: ajudar pessoas a viver sem arrependimentos.

A desfrutar da vida como a experiência única que ela é!

Desde aí tenho-me dedicado a ajudar pessoas a recuperar a estabilidade na vida, a alcançar a realização profissional e a criar relações positivas. Acredito que, sendo a vida a derradeira experiência única, a tens que viver de forma memorável.”

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *