É um desafio diário gerir conflitos na sua empresa? Vai deixar de ser…

Blog

É um desafio diário gerir conflitos na sua empresa? Vai deixar de ser…

Gestão de Conflitos
ACADEMIA DESENVOLVIMENTO PESSOAL

É um desafio diário gerir conflitos na sua empresa? Vai deixar de ser…

Conflito, todos conhecemos a palavra e a nossa primeira reação é evitá-lo.

Faz parte do nosso quotidiano, enquanto seres humanos conviver com diversas pessoas. A cada individuo é transmitido uma educação distinta, o que irá trazer diferentes pontos de vistas e comportamentos, causando assim ambientes de conflito.

Numa empresa não é diferente, diariamente estão diversas pessoas a trabalhar com diferentes maneiras de pensar e agir. Inevitavelmente irá aparecer um conflito, devemos saber como proceder nessas situações, de forma racional e eficaz, mantendo assim um bom ambiente de trabalho.

Existem diversas razões, para ocorrer um conflito na empresa, iremos abordar algumas.

  • A falta de recursos monetários da empresa

Por exemplo, a necessidade de dois funcionários utilizarem o mesmo equipamento ao mesmo tempo, pode gerir um conflito.

  • A pressão que o funcionário está exposto

Estar dependente de outro departamento para finalizar um projeto, mas naquele momento não estão disponíveis.

  • Método de trabalho e interpretações distintas

São aspetos muito correntes que gerem conflitos. Como foi referido anteriormente, cada pessoa pensa e age de maneira diferente, o mesmo acontece em ambiente de trabalho.

  • Cada funcionário tem a sua função

Receber tarefas que não fazem parte das suas atividades mas sim de outro colaborador. Ocorrendo isso irá desencadear um conflito empresarial.

  • Objetivos distintos

Isto acontece quando vários gestores indicam diferentes metas para atingir.

São apenas, algumas situações que podem acontecer numa empresa. Mas como devemos agir?

O empreendedor, deve minimizar os conflitos na empresa, para isso, deve usar a empatia como uma estratégia. Sentindo isso, o funcionário fica mais suscetível a expressar-se, dessa forma, a entidade compreende melhor o colaborador e consegue resolver a divergência.

Deve sempre, agir de forma racional perante um conflito empresarial, não pode afetar-se emocionalmente em ambientes mais hostis, mantendo assim o controlo da situação.

Num conflito, existem sempre dois lados, seguindo esse raciocínio devemos tentar entender os diferentes pontos de vistas, antes de tomar uma decisão.

Avalie o tipo de conflito, devemos ter uma noção da origem do mesmo, se é construtivo ou destrutivo. É importante, demonstrar aos funcionários, que deve existir respeito de ambas as partes e que estão todos a trabalhar para o mesmo objetivo.

Incentive a comunicação, faça com que os intervenientes comuniquem entre si, de forma a chegarem a um consenso através de argumentos validos.

Em nenhuma situação, deve afastar-se antes do conflito estar resolvido. Deve ser um líder e incentivar a resolução pacifica do problema até encontrarem uma solução fundamentada.

A melhor forma, das empresas progredirem e desenvolverem-se num mercado competitivo, passa por existir uma boa gestão de conflitos, o que irá aumentar a satisfação dos funcionários.

Gerir opiniões divergentes e conflitos faz parte dos seus desafios profissionais?

Autor: José Ferreira

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *